5 medidas para garantir a saúde das suas plantas durante a viagem de férias

Viagem ferias

Janeiro tem tudo a ver com férias, certo? Mas se você tem plantas em casa não dá pra largar tudo e colocar o pé na estrada sem antes planejar como elas vão ficar durante esse período. Se você não pode contar com ajuda de um amigo, familiar ou vizinho confiável, você deve tomar algumas medidas para que suas plantas não sofram quando você sair de férias.

Independente de quantos dias você estiver longe de casa se não houver um planejamento adequado, é bem provável que no seu retorno as espécies não estejam mais com a mesma aparência saudável de antes. Por isso confira nossa lista com 5 medidas preventivas que você deve tomar:

1.Como fazer a rega: a parte mais importante do planejamento é a rega, já que ela representa aproximadamente entre 80 e 95% dos tecidos vegetais de herbáceas e 50% de plantas lenhosas, sem falar no papel que desenvolvem no organismo. Como cada gênero tem uma necessidade específica por água, você deverá analisar qual será a medida e a frequência para cada um deles.

Existem vários mecanismos que podem lhe ajudar como gotejadores com timer programável, que você pode fazer um modelo caseiro com uma garrafa pet, abrindo um furo no centro da tampa. Após abrir um pequeno buraco no solo e colocar a garrafa de cabeça para baixo: a água escorrerá de forma lenta e contínua. Agora se você tiver um jardim, vai precisar de um sistema mais amplo para lidar com grandes variedades de culturas. Aposte num sistema programável de irrigação em caso de viagens longas.

2 – Água em excesso: as pessoas geralmente antes de sair de férias fazem uma rega excessiva ou deixam um acúmulo de água nos pratinhos das plantas. No entanto, isso só contribui para o apodrecimento das raízes e o afogamento dos vegetais.

3Faça um forro:coloque pedrinhas cobertas com uma pequena camada de água. Em seguida, deposite seus vasos por cima. Essa é uma dica para hidratar suas plantinhas durante uma curta viagem.

4- Adubo: para de adubar, pois isso ocasiona um pequeno desaceleramento no crescimento da planta, que vai exigir uma menor necessidade de líquidos.

5- Iluminação: as plantas cultivadas em vasos que gostam de sol devem ser deixadas num local bastante arejado e bem iluminado, mas não precisa ser em contato direto ao sol. Aqui a regra que vale é não retirar a planta do ambiente ao qual ela está acostumada. Em alguns casos é válido cobrir a terra com folhas secas ou palha para que o sol não bata diretamente e também para diminuir a interação do solo com o ar.

Se você tem algum outro tipo de dúvida sobre como preparar seu jardim para o período que estiver ausente escreva nos comentários. Vamos adorar lhe ajudar!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CAPTCHA *