Jardins de fadas: inspiração e delicadeza

jardim de fada 1

“Pode ser que haja fadas no fundo do jardim. Não há evidências disso, mas você não pode provar que não existe fada alguma, então não devíamos ser agnósticos quanto às fadas?”

Essa frase do biólogo e escritor Richard Dawkins tem a ver com o que será apresentado no post de hoje. Por acaso você já ouviu falar nos jardins de fadas (fairy gardens)? O nome parece algo fantástico e infantil, mas saiba que a ideia veio de grandes arquitetos e paisagistas do mundo inteiro!

Um jardim de fadas nada mais é do que uma técnica de aproveitar vasos quebrados – seja por acaso ou de propósito. Esses vasos são enfeitados com plantas, flores, musgo, casinhas de gesso, castelos, passarinhos, pedras, banquinhos e demais objetos, colocados de forma a criar um verdadeiro mini reino encantado. Vale, ainda, usar pedaços do vaso quebrado para criar escadinhas.

Se você tem um vaso de barro e quer dar uma nova utilidade para ele, mergulhe-o na água – para ele ficar mais maleável – e depois quebre com um martelo. Com cuidado, é claro. É importante que o vaso seja perfurado na parte de baixo, para evitar o acúmulo de água e possível apodrecimento das raízes das suas plantas.

Você pode fazer seus enfeites em casa mesmo – com madeira, biscuit ou até reaproveitando pequenos brinquedinhos – ou comprar em sites especializados.

Agora que você já sabe o que é essa ideia fofa, inspire-se com alguns desses jardins temáticos:

jardim de fada 2

jardim de fada 3

Curtiu? Siga o Jardim das Ideias – portal da STIHL para os apaixonados por jardinagem – no Pinterest! Lá você encontra inspirações diárias e muitas dicas!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

CAPTCHA *