5 cuidados para evitar o rebote da motosserra

Tração, repulsão e rebote. Estas são as forças de reação que ocorrem durante o manuseio de uma motosserra. Neste vídeo, vamos falar sobre uma delas: o rebote. Por isso, fique atento às nossas cinco dicas, e saiba como operar seu equipamento com segurança.

Para entendermos melhor, uma das situações mais comuns em que o rebote pode acontecer é quando a corrente entra involuntariamente em contato com a madeira ou um objeto duro com a ponta superior do sabre. Quando isso ocorre, o equipamento é jogado repentinamente contra o operador, podendo causar graves acidentes. 

Por conta disso, as motosserras da STIHL contam com o sistema de freio de segurança para rebotes, o QuickStop, que trava a corrente caso o equipamento seja jogado contra o operador. 

Mas, aliado a isso, é necessário uma boa técnica e manuseio correto do equipamento. Assim, o risco de rebote diminui consideravelmente, garantindo a segurança do operador. Fique atento às seguintes dicas:

1.Sempre segure a motosserra de forma firme e com as duas mãos

O polegar da mão esquerda deve estar posicionado por trás da empunhadura dianteira. Isso garante maior controle sobre o equipamento. Não trabalhe com o corpo muito inclinado para frente e não corte com a máquina posicionada acima da altura dos ombros – pois, dessa forma, o controle sobre o equipamento diminui e você estará mais exposto ao risco de um acidente.

2. Cuide para não cortar a ponta superior do sabre

Ao tocar a madeira ou um objeto duro com a ponta superior do sabre, o movimento da corrente poderá jogar a motosserra na direção do operador. Então, se você deseja um corte transversal ou de incisão em um tronco, esteja seguro de que a parte superior da ponta não será a primeira parte a tocar a superfície. O certo é começar com a parte inferior e, aos poucos, penetrar com a motosserra.

3. Serre na rotação máxima da motosserra, com correntes afiadas e tensionadas

Esse cuidado é importante para você operar normalmente o equipamento e o corte ser o mais preciso possível.

4. Cuide ao cortar galhos pequenos, densos ou próximos

Nesse caso, a corrente pode ficar presa ou tocar algum outro galho sem querer. Tenha o mesmo cuidado quando for necessário introduzir o sabre em um corte já iniciado. Avalie se a corrente será capaz de operar normalmente, sem o risco de ficar presa, podendo causar um rebote.

5. Nunca serre mais de um galho por vez

Como visto nos casos anteriores, a motosserra pode ficar presa ou os pedaços cortados acabarem tocando no sabre em movimento – o que pode ocasionar em um rebote repentino do equipamento contra o operador.

Na próxima vez em que operar uma motosserra, lembre-se dessas dicas e trabalhe sempre com concentração e com técnica correta e segura.

Inscreva-se no canal da STIHL no YouTube para não perder nenhuma novidade.

Conheça as motosserras a bateria STIHL.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA *