História: a chegada da STIHL no Brasil

04

A missão da STIHL é criar tecnologias para facilitar a vida das pessoas. Isso já ocorre desde 1926, quando a primeira motosserra criada por Andreas Stihl, engenheiro suíço e fundador da empresa, foi lançada. Ela pesava 56 quilos e precisava de duas pessoas para ser operada. Antes disso, o corte de madeira na Alemanha era feito em condições precárias, apenas com machados e serras manuais.

Em 1931 os produtos STIHL já cruzavam a fronteira alemã, simplificando a vidas de pessoas em outros países e continentes. E então, em 1960, por meio de importadores, a STIHL chegou no Brasil.

A inauguração oficial da fábrica em terras brasileiras, em São Leopoldo (Rio Grande do Sul), aconteceu em outubro de 1975. A cerimônia contou com a presença da família Stihl e de autoridades locais e federais. Já em 16 de fevereiro de 1978, a STIHL Brasil comemorava uma marca histórica: a produção de 100 mil motosserras, enquanto em 1979 chegava ao número de 250 colaboradores.

Essa história completa, com depoimentos de personagens e fotos históricas, estão presentes no livro “STIHL Brasil 40 anos”, lançado em comemoração às quatro décadas da marca no Brasil. O resumo foi construído com a ajuda de pessoas que contribuíram com seus relatos a respeito do que viveram e presenciaram ao longo dos anos.

Além da trajetória da empresa, o livro também traz uma seleção das melhores histórias do concurso cultural “Conte sua História”, que mobilizou pessoas no Brasil inteiro a compartilharem suas experiências. São exemplos do que acontece diariamente, envolvendo personagens muito especiais: clientes, colaboradores e parceiros da STIHL.

O livro está disponível em versão online e você pode lê-lo agora mesmo, na íntegra, clicando aqui.

Você fez parte de algum momento da história da STIHL – ou tem alguma memória bacana com a marca? Conte a sua história nos nossos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

CAPTCHA *